sábado, 11 de dezembro de 2010

MAIS UM DE ROSSELLINI: DE CRÁPULA A HERÓI




Mais uma mostra do trabalho do grande gênio do cinema italiano, Roberto Rossellini. De Crápula a Herói foi sem dúvida um dos filmes mais marcantes da sua tão gloriosa carreira. Já assisti esse filme quatro vezes, e assim que terminar de postar vou assistir mais uma vez.
O filme que mostra a transformação de um trambiqueiro, Emanuele Bertone (Vittorio de Sica) que vive de explorar a credulidade de pessoas que tinham seus entes queridos entregues para o exército alemão e, após um acordo discutível, acaba revendo suas posições de vida. Provavelmente, o filme mais enxuto do mestre do neorealismo Roberto Rossellini. O diretor faz uso da simpatia de Vittorio de Sica que constrói um farsante que angaria a simpatia do público, apesar de seu nítido desvio de caráter. Apesar do grande mérito de De Sica, a trama é extremamente bem construída seja na primeira fase - os trambiques -, quando na segunda fase - o momento em que encarna o General della Rovere do título original busca informações dentro da prisão que servissem de passaporte para a Suíça. A redenção do protagonista é plenamente justificada com o desenrolar da história e o choque de realidade e sentimentos que ele encontra no cárcere. Um clássico que merece ser conhecido e que permanece atual quase meio século depois de sua realização.

1 Comentários:

Às 12 de abril de 2015 16:11 , Blogger Flávio Túlio de Lima disse...

onde vc conseguiu este filme?

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial